Ladeira Alexandre Leonel nº 221 | 1º andar | Spazio Design | Juiz de Fora - MG
Marque sua Consulta

Blog

Voltar

Joelhos alinhados na academia para evitar dores

Se tem uma regra que passo para todos é: mantenha os joelhos alinhados na academia! Isso ajuda a evitar dores nos seus joelhos e uma série de problemas que podem acontecer em decorrência desse mau hábito.

 

Muita gente se queixa de dores nos joelhos ao fazer exercícios no leg press ou exercícios de agachamento, por exemplo. E não manter os joelhos alinhados na academia pode ser uma das causas dessas dores. 

 

Além disso, devemos lembrar também de um problema chamado condromalácia, que afeta 25% das pessoas que sofrem de problemas no joelho, segundo um estudo de 2010. E que pode agravar com a realização de exercícios incorretamente.

 

Ou seja, é uma condição que pode afetar você a qualquer momento. E é sobre a importância de manter os joelhos alinhados na academia que abordo nesse artigo.

 

O que é a condromalácia?

Em primeiro lugar, vamos definir o problema. Ela é um dano à cartilagem que reveste as extremidades dos ossos, acometendo principalmente a patela, o osso da região anterior do joelho.

 

A cartilagem normalmente ajuda a articulação a deslizar suavemente. Porém, na condromalácia patelar, ocorrem danos e um desgaste. Isso aumenta o atrito no contato entre os ossos do joelho.

 

Isso eventualmente resulta no enfraquecimento da cartilagem, rachaduras e descamação. A cartilagem pode eventualmente descascar em pedaços, deixando o osso exposto. 

 

É quando começamos a identificar quadros de condropatia ou mesmo de artrite (em casos mais severos) em vez de apenas condromalácia. Mas não existe uma regra sobre onde traçamos essa linha — há uma espécie de zona cinzenta entre a condromalácia e a artrite.

 

O que causa a condromalácia patelar?

A rótula fica na frente da articulação do joelho. Quando você dobra o joelho ou se agacha, a parte de trás da rótula desliza sobre a cartilagem do fêmur. Mas existe uma rede complexa de tendões e ligamentos que mantém a rótula centrada na região central do fêmur, a tróclea femoral. 

 

E se houver mau alinhamento dessa articulação, isso pode levar a uma pressão desigual na cartilagem. Essa fricção anormal pode causar danos à cartilagem, resultando em condromalácia patelar.

 

Ao realizar movimentos repetitivos na academia sem o devido alinhamento dos joelhos, essa fricção se intensifica e acelera o processo de dano à cartilagem. O resultado é a condromalácia patelar.

 

Mantenha os joelhos alinhados na academia

E como mostrou o estudo, 25% de quem reclama de dor no joelho é em decorrência da condromalácia patelar. E isso se reflete nos atendimentos que realizo.

 

Por isso, uma das dicas que sempre dou é manter os joelhos alinhados na academia.

 

Os danos ocorrem quando praticamos determinados movimentos. Como exemplos, o agachamento ou mesmo o leg press. Nesse segundo, em que erguemos determinada quantidade de peso com as pernas, o desalinhamento e os movimentos frequentes, somados à sobrecarga, pode causar danos.

 

Diversos fatores podem causar o chamado joelho varo (rótula voltada para fora) ou valgo (rótula para dentro).

 

Ou seja, quando realizamos um agachamento, por exemplo, os joelhos devem estar voltados para a frente. Mas, se eles estão desalinhados, voltados para fora ou para dentro, com o passar do tempo podem surgir problemas na região, como a condromalácia. 

 

Os sintomas mais comuns da condromalácia patelar é uma dor abaixo ou ao redor da rótula que aumenta ao descer ou subir as escadas

 

A condromalácia causa a sensação de ranger ou estalar sempre que o joelho é movido. Além disso, a dor piora depois de ficar sentado ou em pé por um longo período de tempo, ou durante atividades que colocam extrema pressão sobre os joelhos, incluindo exercícios. Edema e inflamação da rótula também são comuns.

 

Diagnóstico e tratamento

O diagnóstico da condromalácia patelar é com uma combinação de um exame físico e exames de imagem, como a ressonância magnética. A ressonância magnética é boa para detectar a deterioração da cartilagem articular desde fases iniciais, enquanto o raio-X pode revelar danos ósseos mais avançados de artrite.

 

Com base na gravidade da condição, o ortopedista pode prescrever repouso temporário das atividades, aplicação de gelo, restrição de movimentos e um analgésico como tratamento de primeira linha. Mas, é fundamental também contar com um bom processo de tratamento com fisioterapeuta, além de orientação profissional de um educador físico, para os treinos na academia.

 

Em alguns casos, uma joelheira ortopédica pode ser necessária para manter o joelho em uma posição fixa. Ela permite que a rótula se mantenha no local, garantindo que o joelho fique alinhado.

 

Apenas em raros casos alguma  cirurgia  poderá ser indicada, caso essas medidas conservadoras não proporcionem alívio.

 

Siga as orientações nos exercícios

Para evitar danos aos joelhos, recomendo sempre seguir as orientações de seu educador físico ou ortopedista. Ele saberá avaliar suas condições e indicar os melhores exercícios e cargas para evitar danos ao seu corpo.

 

Manter os joelhos alinhados na academia é o primeiro passo para se evitar qualquer problema futuro. 

 

Por isso, caso você queira mais informações sobre os cuidados que deve ter com essa importante articulação do nosso corpo, recomendo a leitura do meu ebook “Dor no Joelho e Artrose”. Nele apresento dicas para cuidar da sua saúde articular e prevenir todos os problemas relacionados à artrose.

 

Um abraço e joelhos alinhados na academia!!

 

Notícias Recentes

Mitos e verdades sobre lesão no joelho

    De jovens atletas a adultos mais ...
Saiba mais

Atividades físicas após colocar prótese no joelho 

Uma dúvida comum em pacientes que colocam prótese n...
Saiba mais

Por que acontecem as lesões de joelho no esporte?

  Não importa se você é um atleta de elite...
Saiba mais