Ladeira Alexandre Leonel nº 221 | 1º andar | Spazio Design | Juiz de Fora - MG
Marque sua Consulta

A dor patelofemoral é um dos principais motivos de consultas ortopédicas e a principal para o especialista em joelho. Pode também ser descrita como dor anterior ou mesmo como condromalácea patelar por alguns. O primeiro passo no tratamento é buscar causas estruturais e anatômicas do joelho que podem estar associadas à origem da dor. Excluídas estas causas, fatores biomecânicos devem ser avaliados.

A dor patelofemoral acomete mais comumente mulheres jovens e indivíduos sedentários, mas pode ser encontrada também em pacientes que submetem seus joelhos a cargas de treinamento elevadas. O principal sintoma é a dor, que pode ser exacerbada com atividades como subir ou descer escadas, agachar-se, saltar ou mesmo ficar assentado por tempo prolongado. O diagnóstico é dado principalmente por uma avaliação cuidadosa pelo ortopedista especialista em joelho e exames complementares, como a ressonância magnética, podem ser necessários para excluírem-se outras causas da dor.

O tratamento é multiprofissional e envolve principalmente um trabalho para correção de fatores biomecânicos, reequilíbrio muscular, adequação do peso corporal e ajustes de treinos desportivos. Medicamentos podem ser utilizados como adjuvantes, mas um dos principais pilares são exercícios de fortalecimento e consciência corporal. Aí reside uma das grandes dúvidas sobre o tratamento: quais são os melhores exercícios para a abordagem da dor patelofemoral? Clique neste link do Brazilian Patellofemoral Pain Research Group baseado em uma metanálise e saiba mais sobre este tema.


Conheçam também:

FACEBOOK – INSTAGRAM