Ladeira Alexandre Leonel nº 221 | 1º andar | Spazio Design | Juiz de Fora - MG
Marque sua Consulta

Blog

Voltar

Cirurgia do joelho: quando é indicada e quais os tipos?

O joelho integra o sistema musculoesquelético e é a maior articulação do corpo humano. Ele é o responsável por dar mobilidade às nossas pernas, ao unir o fêmur, a tíbia, a fíbula e a patela, e por isso uma cirurgia no joelho sempre é vista com muita ressalva.

 

Como é uma articulação bastante utilizada em nosso dia a dia, dores no local acabam sendo mais comuns do que imaginamos. Porém, ela indica que há algo errado com o joelho e que é necessária atenção especial. Esse desconforto inicial pode ser apenas uma leve inflamação que, se não for devidamente tratada, pode evoluir para algo mais sério e que exija intervenção cirúrgica.

 

Para você entender melhor como é a cirurgia no joelho, quais os tipos e como fazer a recuperação de forma adequada, preparei este artigo. Leia agora mesmo!

 

Como funciona o joelho?

O joelho é formado por um conjunto de estruturas que trabalham interligadas. Por isso, não é demais dizer que esta é uma das estruturas mais complexas do nosso corpo. Devido a sua anatomia, possui pouca estabilidade, o que exige esforço redobrado das estruturas que o compõem.

 

Há dois tipos de estabilizadores: os dinâmicos e os estáticos. Enquanto o primeiro é referente à musculatura, o segundo envolve os ligamentos, meniscos e pela estrutura óssea. Isso tudo faz o joelho ter a mobilidade necessária para nos manter em pé, e permitir que possamos sentar, correr e caminhar.

 

O que causa dores nos joelhos?

Como é uma articulação bastante exigida, as chances de se lesionar o joelho é alta. As mais comuns são torções, contusões, traumas, além do próprio desgaste natural. As dores são causadas principalmente pelo uso em excesso dos joelhos, uma luxação ou pela realização de atividades físicas sem o devido preparo.

 

A sobrecarga de peso pela obesidade, o desalinhamento dos membros inferiores e a falta de estabilidade das estruturas também contribuem para as dores nos joelhos.

 

Quando fazer a cirurgia no joelho?

Para os casos de dor ou lesão, os tratamentos podem ser feitos com medicamentos anti-inflamatórios prescritos por um médico e, em alguns casos, com sessões de fisioterapia. Porém, em casos mais graves será necessária a cirurgia no joelho.

 

Neste caso, a opção médica é por uma intervenção cirúrgica, principalmente se as estruturas mais lesionadas são os meniscos, os ligamentos ou as cartilagens.

 

Em caso de cirurgia no joelho, as mais comuns são:

 

Artroscopia

É uma cirurgia endoscópica invasiva, e que serve para examinar e tratar problemas nas articulações do joelho.

 

Artroplastia ou Cirurgia de Substituição do joelho

Este procedimento visa remover a estrutura que apresenta danos e é substituída por um material de plástico ou metal, e é mais comum ser realizada em pessoas idosas. A substituição pode ser parcial ou total

 

Cirurgia do joelho parcial

Nesta, apenas a parte danificada é removida, sem substituição da área.

 

Cirurgia de reconstrução do Ligamento Cruzado Anterior

Ela visa a reconstrução do ligamento, com o objetivo de devolver a estabilidade na articulação.

 

Quais os cuidados no pós-operatório?

Com o avanço da medicina e o surgimento de novas técnicas, a cirurgia de joelho é um procedimento seguro, quando feito por médicos especialistas. Porém, o pós-operatório requer atenção redobrada do paciente, independentemente do tipo de operação realizada.

 

Por isso, após a cirurgia não são indicados esforços exagerados e que muito peso seja erguido. É importante dar ao corpo o tempo necessário para se recuperar, evitando o surgimento de outros problemas na região.

 

É aconselhado ainda sessões de fisioterapia para que a amplitude do movimento seja recuperada, além de tal procedimento reduzir o inchaço no local e fortalecer a articulação.

 

Caso perceba que há algo errado com seu joelho, entre em contato com um médico especialista. Recomendo ainda a leitura do meu e-book Dor no Joelho e Artrose, onde também exploro o assunto. Baixe agora mesmo e tenha uma boa leitura!

 

Um abraço e até mais!

 

Notícias Recentes

Dicas para evitar lesões no atletismo

Os esportes de alta intensidade exigem muito mais do ...
Saiba mais

Meu joelho estala, o que pode ser?

Por que meu joelho estala? Frequentemente escuto essa...
Saiba mais

Cirurgia do joelho: quando é indicada e quais os tipos?

O joelho integra o sistema musculoesquelético e é a...
Saiba mais