Ladeira Alexandre Leonel nº 221 | 1º andar | Spazio Design | Juiz de Fora - MG
Marque sua Consulta

Blog

Voltar

Sobrecarga do joelho: uma condição comum no esporte

A sobrecarga do joelho pode prejudicar todo o seu treinamento, impedindo que você prossiga praticando esportes. E embora a maioria geralmente tenha o cuidado de proteger os joelhos, são as pequenas coisas que os colocam em maior perigo. 

 

Ser ativo é benéfico para nosso corpo e saúde mental. Mas às vezes podemos exagerar, resultando em entorses, distensões ou músculos distendidos. Além disso, abusar da sobrecarga do joelho é outro exagero bastante comum no esporte. E quando esse tipo de lesão acontece, precisamos de tempo para nos reabilitar, ou mais lesões ocorrerão.

 

Por isso, se você sofreu uma lesão ou sente dor no joelho, fique atento. A primeira coisa a se perguntar é se houve um incidente ou momento específico em que algo aconteceu. Senão, a causa pode ser uma sobrecarga do joelho.

 

O que é a sobrecarga do joelho?

As síndromes de sobrecarga ocorrem por microtrauma repetitivo e envolvem ossos, cartilagens, músculos e tendões. Podem ocorrer também fatores extrínsecos. Entre eles, estão movimentos incorretos durante as atividades esportivas. Ou então fatores anatômicos, como desalinhamento dos membros inferiores ou déficits de flexibilidade e frouxidão ligamentar. 

 

A articulação do joelho é mais frequentemente afetada por síndromes de sobrecarga funcional em adolescentes, pois está envolvida em quase todas as atividades esportivas. E ocorre quando o tecido — osso, tendão ou músculo — é subitamente usado em demasia. Em geral, ocorre por um aumento na intensidade do treinamento ao longo de dias ou semanas. 

 

Ou pode ser uma única atividade intensa. Por exemplo, uma corrida de 25, 30 quilômetros como parte da preparação para a maratona sem a progressão adequada da quilometragem. Dessa forma, o tecido não recebe tempo suficiente para se recuperar antes da próxima sessão de treinamento, causando dor e inflamação. 

 

Os sintomas comuns são um início súbito de dor ao longo do osso ou tecido mole, mas sem um evento traumático claro. A dor pode ou não impedir o treinamento contínuo, mas eventualmente o atleta não consegue treinar.

 

LEIA TAMBÉM>>> Dicas para evitar lesões no atletismo

 

Como é o tratamento?

O tratamento da sobrecarga aguda inclui redução da atividade, medicação anti-inflamatória e avaliação por um médico sobre o motivo da sobrecarga. Os problemas podem ser treinamento excessivo, desequilíbrio muscular ou equipamento inadequado. 

 

O ideal é que, posteriormente, a atividade física seja retomada aos poucos, para que haja tempo necessário para cicatrização do tecido. Dessa forma, recomenda-se que a intensidade dos exercícios seja aumentada gradativamente ao longo das semanas.

 

Portanto, o cuidado é essencial para se evitar a sobrecarga do joelho. E se gostou do artigo, me siga nas redes sociais. Estou no Facebook, Instagram e Youtube sempre compartilhando conteúdos relevantes para sua melhor qualidade de vida!

 

Forte abraço!

Notícias Recentes

Tudo sobre joelheiras: para que servem e quando usar

Muitas pessoas de diferentes ocupações experimentar...
Saiba mais

Tudo sobre artrose no joelho: sintomas, diagnóstico e tratamento

Você sofre de dores no joelho? Tem dificuldade para ...
Saiba mais

Sobrecarga do joelho: uma condição comum no esporte

A sobrecarga do joelho pode prejudicar todo o seu tre...
Saiba mais