Ladeira Alexandre Leonel nº 221 | 1º andar | Spazio Design | Juiz de Fora - MG
Marque sua Consulta

Blog

Voltar

Dicas para evitar lesões no atletismo

Os esportes de alta intensidade exigem muito mais do corpo. E ter uma preparação bem executada é essencial para evitar lesões no atletismo, por exemplo.

 

Aliás, conhecer seu corpo e seus limites é a primeira dica para quem quer ter o máximo de aproveitamento. Ir além disso pode gerar um desgaste excessivo e o resultado são as lesões. Danos podem acontecer ao corpo de um atleta a qualquer momento entre o treinamento, condicionamento, treinos, jogos e competições. 

 

Por isso, saber como evitar lesões no atletismo é fundamental para melhores resultados. E são essas dicas que apresento a seguir. 

 

Como evitar lesões no atletismo

Proteger seu corpo de lesões no atletismo é fundamental para continuar melhorando e estabelecendo novos recordes. A prevenção de lesões inclui preparação e atenção. Além disso, consultar profissionais de medicina esportiva traz feedback adicional sobre seu corpo. 

 

Os atletas podem seguir essas dicas para evitar lesões e danos progressivos aos ligamentos, músculos, articulações e ossos:

 

Mantenha um plano de condicionamento físico

Os atletas alcançam os limites da capacidade física, mas às vezes esse esforço extremo para progredir resulta em muita velocidade, esforço e lesões. 

 

Por exemplo, formule um plano de condicionamento físico para gerenciar seus objetivos e desenvolvimento, em vez de pressionar seu corpo além dos limites saudáveis. 

 

Busque conquistas sustentáveis, para não se prejudicar com uma lesão e o tempo de recuperação que a acompanha.

 

Aquecimento e relaxamento

Da mesma forma, o aquecimento e o resfriamento são mais do que um ritual atlético — ele gradualmente faz a transição do seu corpo de um estado neutro para as altas velocidades de um atleta. 

 

Praticar o aquecimento fisiológico protege os músculos e adiciona flexibilidade que sustenta qualquer atividade seguinte. 

 

Comece o treino com uma preparação leve e alongamento para preparar os músculos. O relaxamento posterior permite que seu corpo retorne gradualmente ao estado de repouso, o que promove a saúde geral e evita lesões.

 

Fique atento aos seus limites

Mesmo os melhores atletas têm limites — embora às vezes seja difícil admitir. Observe seus níveis de dor e não ignore o que seu corpo está tentando lhe dizer. 

 

Brincar com a dor pode deixá-lo com uma lesão pior do que se parasse ao notar a lesão. Fique atento aos sintomas de uso excessivo e estresse nas articulações. Reconheça a diferença entre uma sensação típica de uso de músculos e a angústia de lesões potenciais.

 

Aumente a intensidade aos poucos

O aumento na intensidade do treino é uma razão comum para lesões no atletismo. Não acrescente saltos consideráveis no seu treinamento. 

 

Por isso, a regra geral para o progresso é aumentar as demandas de seu exercício em 10% a cada semana. Essa é uma oportunidade para seus músculos e articulações se ajustarem e ficarem mais fortes, em vez de chocá-los com expectativas desconhecidas. 

 

Se você é um corredor que está se esforçando por uma distância maior, acrescente a duração às suas corridas durante algumas semanas. Para isso, use a regra dos 10% até atingir o número desejado de quilômetros.

 

Além disso, apesar dessa regra geral ser válida e poder ser aplicada para a maioria dos corredores, a presença de um treinador ao seu lado fará toda a diferença na prevenção de lesões. E isso também auxiliará na melhora do rendimento na corrida. 

 

A evolução dos treinos segundo a periodização alinhada aos seus objetivos e ao controle de carga durante as atividades é a maneira ideal para a segura evolução no atletismo.

 

Complemente o seu regime

Em primeiro lugar, o treinamento cruzado é a chave para aperfeiçoar as habilidades do seu corpo. Aumentar sua força, flexibilidade e resistência — não importa o esporte que você pratica — ajuda a evitar lesões no atletismo. 

 

Como resultado, o condicionamento de seus músculos em exercícios regulares criará suporte para ligamentos e articulações. Isso compensará o uso excessivo, desafiando os grupos musculares circundantes e equipando todo o corpo. 

 

Lembre-se que o treinamento de força e o alongamento são essenciais para regimes de exercícios completos para qualquer esporte.

 

LEIA TAMBÉM>>> Cirurgia do joelho: quando é indicada e quais os tipos?

 

Descanse

O tempo de recuperação reduz o risco de lesões nos esportes. Ou seja, as articulações, ligamentos e músculos estressados ​​precisam de uma pausa de movimentos e impactos repetidos. 

 

Faça descansos periódicos durante os treinos e competições. A cura de lesões pode parecer muito tempo longe do esporte, e por isso é melhor dar o descanso ao corpo de um dia ou dois, do que sofrer por semanas ou meses depois. 

 

Por exemplo, os dias de descanso são diferentes para cada esporte e pessoa, e você pode substituir seu treino típico por atividades suaves.

 

Cuide do seu corpo

Como acompanhou nas dicas acima, conhecer seu corpo e dar a ele o tempo necessário para cada nova adaptação são regras para quem quer evitar lesões no atletismo. Nosso corpo é uma máquina perfeita, mas se usada acima dos seus limites, pode apresentar problemas.

 

E sempre que sentir qualquer sinal de lesão, busque o atendimento necessário. Ou seja, somente o médico saberá indicar o nível da lesão e indicar o melhor tratamento. Em alguns casos, seguir treinando e competindo com lesão pode agravar os problemas e, em últimos casos, lhe tirar de vez das atividades esportivas.

 

Portanto, quando falamos em evitar lesões no atletismo, é importante saber que o joelho está entre as articulações que mais merecem atenção. Saber identificar as lesões nessa parte do corpo é vital e é sobre elas que falo no vídeo que postei no meu canal no YouTube. Confira agora mesmo, e não se esqueça de me seguir em meu canal!

 

Até a próxima!

 

Notícias Recentes

Tudo sobre joelheiras: para que servem e quando usar

Muitas pessoas de diferentes ocupações experimentar...
Saiba mais

Tudo sobre artrose no joelho: sintomas, diagnóstico e tratamento

Você sofre de dores no joelho? Tem dificuldade para ...
Saiba mais

Sobrecarga do joelho: uma condição comum no esporte

A sobrecarga do joelho pode prejudicar todo o seu tre...
Saiba mais